quarta-feira, 9 de março de 2016

Sobre variedades da Canela de Velho ( Miconia albicans )


A Canela de Velho (Miconia albicans) tem cerca de 15 variedades diferentes, sendo que uma das variedades descoberta por nós (ao longo dos anos de pesquisa) é dez vezes mais potente tanto no combate as dores articulares como na sua ação anti-inflamatória. É esta variedade que vendemos. É esta variedade que tem curado milhares de pessoas com artrose, reumatismo, dores na coluna e dores articulares em geral.

Dentre essas 15 variedades pesquisadas 4 são extremamente tóxicas, nocivas aos rins. E tem-se que ter o cuidado em identificar essas variedades e evitar o uso delas. Ao longo de mais de 35 anos de pesquisas e pioneiro na divulgação das qualidades medicinais da Canela de Velho em 2011 para o mundo via internet, me sinto na obrigação de avisar aos menos avisados que nem todas variedades da Canela de Velho (Miconia albicans) são benéficas ao ser humano. Vendemos a variedade que não tem nenhuma contra-indicação e só tem feito muito bem a muitas pessoas com artrose e dores articulares em geral.

Vendas exclusivas, só pelo site:

4 comentários:

  1. Realmente é preciso ter cuidado, pois comprei pra minha mãe e alguns dias após o uso ela começou a ter dores nas costas, na região dos rins! Parou com o uso e as dores diminuíram; agora estou com muito receio de comprar novamente, pois só de imaginar que possa fazer mal para os rins já me preocupa.

    ResponderExcluir
  2. Pode ser que tenha as propriedades curativas propostas, porém, a pesquisa disponível e acessível ao potencial usuário é muito insipiente e não fornece segurança.

    ResponderExcluir
  3. Como identificar se a canela de velho é tóxica ?

    ResponderExcluir
  4. Como posso saber se é tóxicotem diferença nas folhas

    ResponderExcluir

Oi, que achou?